sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Orçamento do município cresce 8,4 % em 2008


Assistido pela imprensa e pelos atuais e futuros secretários, o prefeito Ernesto Molon (PMDB) realizou, na manhã desta sexta-feira, uma prestação de contas de 2008 de sua administração. Por duas horas e meia, Molon mostrou, com o auxílio de um data-show, números, dados, informações e teceu comentários sobre algumas ações julgadas por ele importantes. O encontro, realizado no gabinete principal da prefeitura, foi aberto com uma homenagem feita pelo prefeito aos auxiliares. Uma placa de agradecimento aos serviços prestados foi entregue a 18 integrantes do governo, entre secretários e adjuntos. A Procuradoria Jurídica também foi lembrada. Molon destacou os investimentos acima do percentual estabelecido por lei nas duas áreas de maior demanda da administração. Na saúde, foram 16,5% do orçamento - 1,5 % a mais do estipulado –, enquanto na educação, o excedente chegou a 2,5% dos 25% exigidos. O prefeito também sublinhou a maior economia gerada pelos pregões eletrônicos. Em 2008, nas compras efetuadas por este sistema, a prefeitura teve uma redução de 17% nos gastos em relação ao ano passado. “Com o aperfeiçoamento deste modelo de negociação, com o maior número de fornecedores participando, compramos medicamentos por até 50% do valor que havíamos adquirido em 2007”, comemorou. Molon, entretanto, sugeriu que outras prefeituras da Região se unam ao sistema, a fim de barganharem melhores preços. Um dos dados mais relevantes da prestação de contas feita esta manhã se refere ao caixa do município. Molon anunciou que em 2008 a prefeitura irá fechar as contas com um Orçamento de R$ 65 milhões, um acréscimo de 8,4% em relação ao de 2007. E foi em conseqüência disto que investimentos mais robustos foram feitos em áreas prioritárias neste ano. Para 2009, ele foi cauteloso, fazendo uma ressalva em relação a crise: “Existem setores da economia local que serão atingidos, e isso irá repercutir também no caixa da prefeitura”, previu.
Turismo
Em vários momentos durante a reunião, Molon utilizou-se da expressão “parcerias” para comentar ações e avanços verificados no município, em especial nas áreas de cultura e turismo. Em relação ao turismo, ele sugeriu uma maior conscientização coletiva. “A população tem que saber mais sobre a cidade para poder divulgá-la. E temos um enorme potencial para gerar renda através deste setor”, disse Molon, sem, no entanto, mostrar o que há de concreto em relação a políticas públicas locais que estão ou deverão ser aplicadas com vistas a desenvolver o turismo.
Equipamentos
Na área social, Ernesto Molon chamou a atenção para os impressionantes números de atendimentos da Secretaria de Trabalho e Ação Social, além dos cursos profissionalizantes que este ano formaram centenas de pessoas. Na área da infra-estrutura, destaque para os 47,8 mil metros quadrados de calçamento feito no ano e para os equipamentos adquiridos: um caminhão de hidro-jateamento para limpeza de valos e tubos e uma capinadeira mecânica, que deverá chegar nos próximos dias. A máquina será utilizada na limpeza das calçadas na cidade.
Em Video, Molon diz que secretários
que saem iniciaram a mudança
video

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leg