sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Vai em paz, parceirão

Foi embora o meu amigo Paulinho Casagrande. Não teve uma vez que tenhamos nos encontrado que ele não tinha uma história para contar, um comentário, uma observação, uma arriada em alguém aqui, aqui outra ali, a história duma cervejada, duma festinha, mas sempre de forma bem humorada. Grande Paulo. Era também um servidor público das antigas, responsável e cumpridor de horário à risca. Não tinha ruim com ele e só se realmente não desse para ele não ajudar. Vai em paz, parceiro. Em Tempo: o Paulinho está sendo velado na Funerária Santa Rita e será sepultado no início da tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leg