sexta-feira, 9 de maio de 2014

Em Camaquã, Sartori mostra sensatez e empolga companheiros da Costa Doce

Um gringo acessível, com fama de competente em gestão pública, mas com os pés no chão na hora de prever o que pode ser feito. Assim se apresentou o ex-prefeito de Caxias do Sul e pré-candidato do PMDB ao governo estadual aos companheiros de sigla da Costa Doce, na noite desta quinta-feira (8). 

"Estamos iniciando nossa caminhada, construindo uma proposta para mostrar aonde podemos chegar e o que podemos fazer no caso de a população gaúcha nos escolher", disse Sartori ao expressivo grupo de convidados que foi ao Restaurante Saci prestigiar a arrancada - entre eles prefeitos, vereadores, dirigentes partidários e filiados. O encontro foi articulado por Alaor Pastoriza, coordenador da sigla na região. 

Com um discurso sensato, comedido até quando abordou as correções que devem ser feitas em setores que a coisa anda feia, Sartori começou com o pé direito, se despedindo de uma turma empolgada. Principalmente depois dele anunciar que no eixo da sua campanha as necessidades municipais e regionais terão um peso prioritário. Duas vezes prefeito da maior cidade da Serra, ele sabe bem onde a bota aperta. 

Mesmo com as pesquisas desfavoráveis nesse início de trabalhos, os peemedebistas estão confiantes em voltar a dar as cartas no Piratini. A arrancada de Rigotto em 2002 - que largou com menos de 3% - está muito viva ainda para eles. E a considerar a cancha maior de Sartori em relação ao seu conterrâneo, e a necessidade de o Estado ter alguém com o seu perfil administrativo, lhe ajudam. Mas a parada é dura e ele sabe disso. 

___________________
Por Alex Soares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Leg