terça-feira, 4 de junho de 2013

Audiência Pública tratou do novo contrato

Foi tranquila a audiência pública da tarde desta segunda-feira (03) que tratou do novo contrato entre município e Corsan pra abastecimento de água e tratamento de esgoto. Após a apresentação da proposta da estatal  e diante das manifestações dos dois lados fica muito claro de que a assinatura do novo contrato representa apenas  vantagens para Camaquã. 

Quebra-molas
A Secretaria da Infraestrutura está refazendo o serviço de reinstalação do quebra-molas instalado na Avenida José Loureiro da Silva, em frente ao Supermercado São José. Motivo: o primeiro colocado ali, na semana passada, não era o redutor certo.

Comadecam
É nesta terça-feira (4) a nona edição da Conferência Sobre Drogas de Camaquã. Nesta segunda-feira, a psicólogo Gilnate Voloski e suas companheiras de Conselho Municipal Anti Drogas de Camaquã distribuíram material de divulgação desta VIII Semana  Integrare.


Farra cancelada  
Cem milhões de reais: essa é a mordida que querem dar juízes de oito  Estados (o RS não está na lista). Motivo: querem ser “indenizados” por não receberem os valores referentes ao “auxílio alimentação” – pagos apenas para os servidores do MP - em 2004. Esse dinheiro (R$ 63 mil em média por magistrado) deve estar mesmo fazendo uma enorme falta!  Menos mal que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) entrou com uma liminar e impediu mais esta farra.

Missão difícil
A situação do Bugre realmente já foi melhor. Com seis minguados pontos no campeonato da Divisão de Acesso o clube amarga a penúltima colocação da classificação geral da competição. Com apenas três jogos pela frente, o Guarany tem o seu maior desafio da era profissional: vencer todas e torcer pelo tropeço das equipes que estão acima: União Frederiquense (10 pontos) e Farroupilha (13). Difícil demais.
Do palco para tribuna
O cantor nativista Luiz Marenco é a aposta do PR para conquistar sua primeira vaga na Assembleia Legislativa em 2014. O PR é a mesma sigla de Tiririca. Porém, a julgar pelo desempenho sofrível de outros artistas gaúchos nas urnas em eleições passadas, não será nenhuma barbaba Marenco se tornar deputado. 

Índios
Alguma dúvida de que essa onda de protestos indígenas tem alguém bem articulado por trás?


Leg